Unicamp alerta: São Paulo terá 53 mil casos de coronavírus por dia em junho e o fechamento será inevitável

Unicamp alerta: São Paulo terá 53 mil casos de coronavírus por dia em junho e o fechamento será inevitável
Coronavírus: 10 gráficos para entender a situação atual no Brasil na pandemia
13 de maio de 2020
Unicamp alerta: São Paulo terá 53 mil casos de coronavírus por dia em junho e o fechamento será inevitável
Ceará registra 91 mortes e 813 novos casos de coronavírus em 24 horas
13 de maio de 2020

Unicamp alerta: São Paulo terá 53 mil casos de coronavírus por dia em junho e o fechamento será inevitável

Unicamp alerta: São Paulo terá 53 mil casos de coronavírus por dia em junho e o fechamento será inevitável

O estado de São Paulo está se aproximando de um cenário trágico: até o final de junho, a taxa de novas infecções por Covid-19 alcançará a marca de 53.000 por dia, mantendo a atual taxa de transmissão da doença. Não haverá alternativa, mas isolamento completo e obrigatório, edição de bloqueio

247 – Um estudo de uma das universidades mais reconhecidas do país, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), alerta sobre a inevitabilidade do isolamento total e obrigatório em São Paulo em junho: a taxa atual de contágio, que é o número da população para quem uma pessoa infectada transmite o vírus, no final de junho, São Paulo representará 53.500 novas infecções por dia.

O cálculo foi feito considerando os dados reais de crescimento no número de casos no último mês, que indicam uma taxa de contágio de 1,49 para o estado e 1,44 para a cidade de São Paulo. Em outras palavras, no final de abril, a cada 100 pessoas infectadas em São Paulo transmitia o novo coronavírus para quase 150 pessoas, em média (durante um período de aproximadamente 7,5 dias após a infecção, dependendo do modelo utilizado).

O estudo é liderado pelo matemático Renato Pedrosa, professor do Instituto de Geociências da Unicamp e coordenador do Programa de Indicadores Especiais de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesp. Em entrevista à jornalista Karina Toledo, da Folha de S.Paulo, afirmou que as projeções, embora dramáticas, “têm uma grande possibilidade de serem subestimadas, uma vez que o nível de isolamento vem caindo desde o início de abril e maio , não excedeu 50%, o que causará um aumento na taxa de contágio ”.

Pedrosa também disse que os efeitos da subnotificação serão sentidos “em 15 ou 20 dias a partir do número de novos casos e, em seguida, do número de mortes. Mas, mesmo que o nível estimado de contágio seja mantido até 10 de maio, os valores projetados Indicam que este mês o sistema público de saúde da Região Metropolitana de São Paulo] atingirá o limite, já que o nível de ocupação de leitos de UTI já atingiu mais de 80%. Se o isolamento não estiver se expandindo com urgência, o estado terá que adotar medidas mais drásticas medidas de contenção, como aconteceu na Itália, ou a situação se tornará insustentável “.

Participe da campanha de assinatura de solidariedade do Brasil 247. Saber mais.

fonte: https://www.brasil247.com/regionais/sudeste/unicamp-alerta-sao-paulo-tera-53-mil-casos-de-coronavirus-por-dia-em-junho-e-lockdown-sera-inevitavel

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: