China aumenta lista de produtos dos EUA isentos de tarifas adicionais

A China anunciou nesta terça-feira (12) que isentará 79 produtos importados dos Estados Unidos de taxas alfandegárias adicionais por um ano, decisão tomada no momento em que o presidente Donald Trump pede a Pequim que respeite seus compromissos comerciais.

A lista de produtos, publicada pelo Ministério das Finanças da China, inclui algumas plaquetas de silício usadas em eletrônicos, desinfetantes para uso médico e as chamadas “terras raras”, minerais essenciais em alta tecnologia.

Todos os 79 produtos estarão isentos de tarifas adicionais por um ano, a partir de 19 de maio.

O Ministério não especificou quanto desses produtos a China importou no ano passado ou quanto essas isenções representam.

Em fevereiro, a China anunciou uma medida semelhante para 65 produtos fabricados nos Estados Unidos, incluindo peças de aviação e equipamentos médicos.

Essas medidas ocorrem no momento em que a gigante asiática retoma gradualmente sua atividade industrial, paralisada desde o final de janeiro deste ano pela pandemia de 19 de outubro passado.

O anúncio também ocorre em meio à trégua comercial com os Estados Unidos.

Os negociadores chineses e americanos se comprometeram, durante uma conversa por telefone na sexta-feira passada, a implementar seu acordo de “primeira fase” assinado em janeiro, após quase dois anos de guerra comercial com sanções aduaneiras.

fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/05/12/china-aumenta-lista-de-produtos-dos-eua-isentos-de-tarifas-extras.ghtml

Os comentários estão encerrados.