Ajuda de emergência: Caixa credencia mais de 7,8 milhões de trabalhadores neste segundo benefício

Ajuda de emergência: Caixa credencia mais de 7,8 milhões de trabalhadores neste segundo benefício
A entrevista de Haddad deve ir ao ar, mas a atmosfera no SBT é que tudo pode mudar
25 de maio de 2020
Ajuda de emergência: Caixa credencia mais de 7,8 milhões de trabalhadores neste segundo benefício
Caxias reabre negócio, e prefeito assume responsabilidade se casos Covid-19 aumentarem
25 de maio de 2020

Ajuda de emergência: Caixa credencia mais de 7,8 milhões de trabalhadores neste segundo benefício

Ajuda de emergência: Caixa credencia mais de 7,8 milhões de trabalhadores neste segundo benefício

Ajuda de emergência: Caixa credencia mais de 7,8 milhões de trabalhadores neste segundo benefício

A Caixa Econômica Federal (CEF) credita nesta segunda-feira (25) novos lotes de Ajuda de Emergência, ambos da primeira parcela, para os novos aprovados, e da segunda, para aqueles que receberam o anterior até 30 de abril. o benefício será pago a 7,8 milhões de trabalhadores, segundo o banco.

Veja quem recebe nesta segunda-feira:

Segunda parcela: 5,2 milhões de trabalhadores registrados no Registro Unificado ou registrados no aplicativo e no site, e que receberam a primeira entrega antes de 30 de abril, nascidos em setembro e outubro Segunda entrega: 1,9 milhão de trabalhadores beneficiados pelo Família Exchange, cujo NIS termina em 6 Primeira parcela: 700 mil trabalhadores do novo lote de beneficiários aprovados, nascido em agosto

Os trabalhadores podem verificar o status do benefício por meio do pedido de ajuda de emergência ou pelo site ayudaio.caixa.gov.br.

Restrições de depósito e retirada e transferência de poupança digital

Para os beneficiários que receberão a segunda segunda parcela e que não fazem parte do Bolsa Família, os pagamentos são mais restritos: todos receberão por meio da conta poupança digital da Caixa, mesmo aqueles que receberam a primeira parcela em outra conta.

Além disso, a economia digital inicialmente não permitirá transferências, apenas pagamentos de contas, recibos de pagamento e compras através do cartão de débito virtual. Transferências para outras contas e saques somente serão liberadas após 30 de maio (consulte o calendário no final do relatório).

Primeira entrega para novos aprovados

A primeira parcela desse novo grupo será creditada na conta escolhida pelo beneficiário, conforme recebida pelos primeiros: nas contas da Caixa, na Social Savings Digital ou nas contas de outros bancos. Esses beneficiários também podem retirar o auxílio em espécie na data de liberação.

Veja como foi o cronograma de pagamento da primeira parcela das novas aprovações:

19 de maio (terça-feira): nascida em janeiro

20 de maio (quarta-feira): nascida em fevereiro

21 de maio (quinta-feira): nascida em março

22 de maio (sexta-feira): nascida em abril

23 de maio (sábado): nascido em maio, junho ou julho

25 de maio (segunda-feira): nascida em agosto

26 de maio (terça-feira): nascida em setembro

27 de maio (quarta-feira): nascido em outubro

28 de maio (quinta-feira): nascida em novembro

29 de maio (sexta-feira): nascida em dezembro

Segunda programação de entrega

O cronograma de pagamento para a segunda parcela da ajuda de emergência teve início na segunda-feira (18) e continuará até 13 de junho. O cronograma da terceira parcela, prevista para maio, permanece indefinido.

O cronograma da segunda parcela se aplica apenas àqueles que receberam a primeira parcela antes de 30 de abril. O governo não disse quando pagará a segunda parcela a quem receber a primeira parcela após essa data.

Existem 3 calendários:

um para recebimento de poupança social um para retirada de dinheiro para beneficiários do Bolsa Família um para retirada de dinheiro para poupança social e transferência de recursos

VER CALENDÁRIOS

1. Cronograma de depósito de poupança social

1 de 3 – Foto: Economia G1 – Foto: Economia G1

2. Calendário de pagamento aos beneficiários do Bolsa Família

2 de 3 – Foto: Economia G1 – Foto: Economia G1

3. Cronograma de aposentadoria e transferência de poupança social

3 de 3 Segunda parcela da ajuda de emergência – retirada e transferência de economias sociais – Foto: Economy G1 Segunda parcela da ajuda de emergência – retirada e transferência de economias sociais – Foto: Economy G1

Os trabalhadores que tentaram receber ajuda de emergência receberam um aviso de que estavam mortos

Balanço

Até sábado (23), a Caixa Econômica Federal (CEF) já havia pago R $ 85,5 bilhões entre a primeira e a segunda entrega de Ajuda de Emergência, para 55,1 milhões de beneficiários.

Ainda segundo a Caixa, o Dataprev processou 101,2 milhões de registros até o sábado, dos quais 59 milhões foram considerados elegíveis, destes, 19,2 milhões de beneficiários do Bolsa Família, 10,5 milhões do Cadastro Único e 25,4 milhões de trabalhadores que se cadastraram no site e aplicativo da o programa.

fonte: https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/05/25/auxilio-emergencial-caixa-credita-nesta-segunda-beneficio-a-mais-78-milhoes-de-trabalhadores.ghtml

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: