No discurso de abertura, Teich fala sobre ‘foco das pessoas’ e associação com estados

No discurso de abertura, Teich fala sobre 'foco das pessoas' e associação com estados
China perturba saldo de mortes de Covid-19, diz número 40% maior
17 de abril de 2020
No discurso de abertura, Teich fala sobre 'foco das pessoas' e associação com estados
A renúncia de Mandetta e o novo ministro da Saúde
17 de abril de 2020

No discurso de abertura, Teich fala sobre ‘foco das pessoas’ e associação com estados

No discurso de abertura, Teich fala sobre 'foco das pessoas' e associação com estados

O novo ministro de Saúde, o oncologista Nelson Teich, assumiu o cargo nesta terça-feira (17) em uma cerimônia no Palácio do Planalto, com a presidência do presidente Jair Bolsonaro. O ministro declarou que “centrou-se nas pessoas” e trabajou-se na associação com os estados e municípios para combater o coronavírus.

Teich reemplora a sua ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, que pode ser presidente do presidente debitado nas estratégias adotadas contra a pandemia. Tem este erro (16), Brasil e está confirmado 30.891 casos de covid-19 (infectados pelo vírus) e 1.952 silenciosos.

Habilitando na inauguração, o Teich que uma das tácticas de gerenciamento será monitorada diariamente, com os estados e municípios, informações atualizadas sobre o avanço do vírus e outros problemas que podem afetar o vermelho da tela.

“[Seguir] diariamente a evolução em cada estado e município, como está evoluindo a covid-19 e outros problemas que podem estar relacionados com a saúde. Trabalhando com os estados, com os municípios, para que você possa agilizar e resolver os problemas Hay analisa cada um dos itens que deseja, planeja e executa “”, afirma Teich.

Nelson Teich assumiu o cargo de Ministro de Saúde – Foto: Reprodução / GloboNews

O novo ministro enfatizou que, independentemente de analisar as ações sobre a economia ou a saúde, o resultado será o de debechar buscar o que será beneficiado pela população. “El final siempre es la gente”, dijo.

“Como ele está aqui, o que há de novo aqui, e tudo o que vamos fazer hacer, é gente. Por aí que gente gosta de ouvir, não importa cuida para a economia, não importa que digas, todas as coisas se parecem” dijo.

Também é possível que a administração obtenha informações de todas as áreas para melhorar a lucha contra o vírus. Segun Teich, os indicadores sociais, como o desempacotamento, se movem em cuenta para ações de saúde.

“También tienes that monitorear los indicadores sociales. Se há mais danos, as pessoas que perdem o seguro de saúde, estão afetando o SUS. [Busquemos] Informações detalhadas, de qualidade, de avaliação e de estrutura. Você trabalha em equipe. Algo que dificulta a tentativa de traçar uma forma mais intensa de transação de um ministro a outro “, explicou Teich.

No discurso, Teich também descobriu que buscar a integração e intercambiar informações entre os ministérios para encontrar soluções na lucha contra o coronavírus.

“Reúna information of different areas. Intense aumentar a canton de información. Maior integração entre os ministérios, modo que pode mapear cosas relacionadas com o salud que os fundamentos”, também Teich.

Discurso de Bolsonaro

Después de Teich, fue el turno de hablar de Bolsonaro. O presidente declara que está “rogando” o defensor da reanálise do comércio no país, e que esta é a medida correta para combater a morte contra o coronavírus e o desempacotamento.

“Esta lucha para abrir um negócio para abrir um negócio que corro, porque você está comprometido com o meu negócio. Ahora, creo, lo mucha gente ya sabe, tem que abrir ”, dijo.

Bolsonaro também defendeu a reabertura das fronteras, cerradas para contornar a propagação do contágio pelo novo coronavírus.

“Hace poco hablé com o ministro Moro sobre as fronteras. Tengo mi opinión, that hablaremos with más ministros. Comienza a abrir fronteras ”, dijo.

O presidente como ejemplo no Paraguai e Uruguai, que encontra uma frente seca no Brasil.

“Preguntamos: por que está cerrado no Paraguai? Você é um homem que não pode controlar? Creo que al algo escribir, se debe lograr. Lo mismo with respecto to Uruguay. De esto obtenemos información y decidimos ”, declara.

Desacuerdos entre Mandetta e Bolsonaro

O presidente defende que só as pessoas e as pessoas com doenças crônicas permanecem em seus braços, como a reabilitação do comércio em ciudades e a ressonância das classes, para evitar os prefeitos da economia.

Mandetta, por parte, repita durante semanas a necessidade de um limite total como uma forma de reduzir a tarefa de contágio de coronavírus no país e obter tempo para a capacidade do sistema de saúde.

A renúncia de Mandetta e o anuncio de Teich como ministro se hicieron el jueves por la tarde. Em um comunicado junto a Bolsonaro, o novo ministro da Justiça “alineación completa” com o presidente.

Teich dijo que não possui uma definição “contundente” e “radical” das diretivas na relação com o design social, sem que a importação da atividade econômica seja prejudicada.

No discurso, o novo ministro que mede os medicamentos e as vacinas contra o coronavírus fica cientificamente envolvido. Não existe uma posição sobre o uso de cloroquina, apresentada por Bolsonaro e criticada por Mandetta.

Este também é o exemplo de que era necessário executar um programa de teste para determinar se as pessoas habitam contra o novo coronavírus. Não há detalhes sobre o andamento e o funcionamento do programa.

Carrera

Nelson Teich tem 62 anos, no Rio de Janeiro, e na década de 1990, fundado no Centro Integrado de Oncologia (Grupo COI), desde o início do ano de 2018. Segmente seu perfil em um grupo social vermelho, trabalhe como consultor em gestão da saúde .

Graduado em medicina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), se especializou em oncologia no Instituto Nacional de Câncer (Inca) e estudou Administração de Empresas na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Em dezembro de 2018, ingresse no doutorado em Ciências da Saúde e Economia da Universidade de York, no Reino Unido, onde você está habituado à maestría na área de misma.

Em 2008, fundou, no Rio, um instituto de multas de lucro dedicado à investigação do canal e à capacitação de profissionais nessa área. Nelson Teich entrou no instituto durante os anos em que morreu. Mais tarde, consulte o consultor sênior da Teich Health Care, que planeja e executa projetos de saúde.

Em 2010 e 2011, consultou o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, também se centrou na gestão da saúde.

Na política, o novo Ministro de Saúde se desempenhou como consultor informal do equipamento de campanha das candidatas Jair Bolsonaro. Inclusão de um citado para ocupar a estrada, Bolsonaro termina como elegível a Luiz Henrique Mandetta.

fonte: https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/04/17/nelson-teich-toma-posse-como-ministro-na-saude.ghtml

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: