Igreja na África lamenta a morte do bispo Silas Njiru, segundo bispo africano vítima de Covid-19

Igreja na África lamenta a morte do bispo Silas Njiru, segundo bispo africano vítima de Covid-19
As mortes de Covid-19 em São Paulo cresceram 1.300% em um mês
1 de maio de 2020
Igreja na África lamenta a morte do bispo Silas Njiru, segundo bispo africano vítima de Covid-19
Comores confirma o caso e apenas um país africano está livre de covid-19
1 de maio de 2020

Igreja na África lamenta a morte do bispo Silas Njiru, segundo bispo africano vítima de Covid-19

Igreja na África lamenta a morte do bispo Silas Njiru, segundo bispo africano vítima de Covid-19

O obispo emérito da Diocese de Meru, Quênia, matou 91 pessoas a 28 de abril no Hospital Rivoli em Piamonte, onde residia. (ANSA)

Nacido en Meru, em 1928, e ordenado sacerdote em 1955, Dom Njiru foi nomeado em 1976, diante da diocese da misma ciudad, que foi dirigido em 2004.

Noticias del Vaticano

A Iglesia em África contará com a maioria dos outros obispo de Covid-19. O obaspo Silas Silvius Njiru, obreiro emérito da diocese de Meru, na Quênia, foi editado por 91 anos a 28 de abril no Hospital Rivoli em Piamonte, onde vive. A notificação foi dada a um representante do secretariado geral dos Missionários do Consulado, do Padre Pedro José da Silva Luoro, em um comunicado publicado no site da Recowa-Cerao, na Conferência Episcopal Regional da África Ocidental.

Nacido en Meru, em 1928, e ordenado sacerdote em 1955, Dom Njiru foi nomeado em 1976, em frente à diocese de misma ciudad, a quem dirigiu desde 2004. É o segundo obispo africano em perder a vida debitada em Covid-19 e tercero contra vírus. Em 15 de abril, Dom Gérard Mulumba, obispo emérito de Mweka, na República Democrática do Congo, morreu na segunda-feira em 82 anos.

O cardeal Philippe Nakellentuba Ouédraogo, Arquivado em Uagadugú, Burkina Faso e Presidente do Simpósio sobre as Conferências Episcopais da África e Madagascar (Secam), depois da alta de uma clínica na capital, onde já foi hospitalizado depois de receber um dado positivo por ele vírus.

Entre as vitórias de Covid-19, o obispo salesiano italiano Dom Angelo Moreschi, vigário apostólico de Gambella, Etiópia, que morreu no hospital de Brescia a cerca de 24 a 25 de março. O prelado estado de habitação no Instituto Salesiano de Nave, no Natal, por um período de tempo, debitou problemas de saúde que obrigaram a abandonar a questão africana, onde esperamos voltar. Se houver deterioração do processo contra o coronavírus, o que você faz ao mesmo tempo.

fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2020-04/bispo-africa-quenia-morte-coronavirus.html

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: