Exame exclui morte por coronavírus em recluso em Sorocaba

Exame exclui morte por coronavírus em recluso em Sorocaba
Rostos dos médicos chineses escurecem durante tratamento com coronavírus
23 de abril de 2020
Exame exclui morte por coronavírus em recluso em Sorocaba
Covid-19: Líbano libera maconha para salvar a economia do país da pandemia
23 de abril de 2020

Exame exclui morte por coronavírus em recluso em Sorocaba

Exame exclui morte por coronavírus em recluso em Sorocaba

A Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) revela os departamentos (22) que executam os reclusos Eurípedes Narciso de Lima, de 78 anos, que foram assassinados com 20 anos de idade, infectados pelo coronavírus, após a covid-19. Portanto, Sorocaba continua com apenas um registro registrado nas unidades penitenciárias da cidade.

Ele foi preso na Penitenciária II “Dr. Antonio de Souza Neto”, em Sorocaba, onde foi internado, o primeiro caso confirmado de coronavírus no sistema penitenciário de São Paulo.

Eurípides ingressados ​​na enfermaria da Santa Casa a 14 de abril. Fue diagnosticado com anemia e febre tencia icônica, segun informaçoes da secretaria.

O detenido está em estado de prisão desde 3 de julho de 2019. O SAP não denunciou o critério que conduz o seu caso.

Muerte confirmada

Em 19, o SAP informa o mudo de otro prisioneiro na cidade. José Irán Alves da Silva, de 67 anos, que teve um diagnóstico confirmado de coronavírus. Fue o primer detenido no morro da enfermaria no estado de São Paulo.

Preso falecido hospitalizado com hospital de Covid-19 em Sorocaba

José Irã habita estado hospitalizado desde 9 de abril, com fome e falta de alienação. Fue derivou uma Unidade de Emergência e Lego na Santa Casa da Cidade. Según SAP, hipertensão arterial e tratamento de próstata.

fonte: https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/2020/04/22/exame-descarta-morte-por-coronavirus-em-detento-de-sorocaba.ghtml

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: