Ceará compra 90 toneladas de EPI e testa diretamente da China

Coronavírus: uma mulher brasileira que vive no Japão diz que o país tem parques vazios pela primeira vez na flor de cerejeira; ver relatórios
Coronavírus: uma mulher brasileira que vive no Japão diz que o país tem parques vazios pela primeira vez na flor de cerejeira; ver relatórios
26 de abril de 2020
Últimas notícias sobre coronavírus de 26 de abril
Últimas notícias sobre coronavírus de 26 de abril
26 de abril de 2020

Ceará compra 90 toneladas de EPI e testa diretamente da China

Ceará compra 90 toneladas de EPI e testa diretamente da China

San Pablo

Neste domingo (26), o governador do Ceará registra uma aviação que contratou para rastrear a China uma carga de aproximadamente 90 toneladas de EPI (equipamento de proteção pessoal) e procedimentos para tratar o coronavírus. O estado é o tercero no país com o maior número de casos confirmados da enfermaria, 4.800 este sábado (25).

A compra se realiza em cooperação com outros estados do norte. A estratégia foi usada para combater a competitividade na bússola de materiais no mercado internacional e na análise da distribuição de estoques, incluindo parte do Ministério de Saúde.

O vaporizador de câmera registra bairros de Fortaleza para alimentar o desinfetante contra vírus – Prefeitura Fortaleza / Divulgação

Neste sábado, o ministro da Saúde, Nelson Teich, determinou que as multas sejam entregues a 272 respiradores hospitalares nos estados. Este lote inicial representa aproximadamente 2% do total estimado para a faixa.

Segundo o Departamento de Saúde do Ceará, a tarefa de ocupação de camas na UCI é de 74,4% no estado. Hay dificulta aumentar o número de camas desta compleição debitada na falta de equipamentos no mercado.

Maranhão

Outros gobernadores também recorrem à compra de insumos diretamente da China. Este é o caso do Maranhão, que elaborou um plano, que envolve 30 pessoas e custa R $ 6 milhões, para importar respiradores e máscaras chinesas.

A operação está sendo investigada pelo Serviço Federal de Ingresos. Revelado pelo painel, a operação implicada envia respiradores a Etiópia para escapar do radar dos Estados Unidos e Europa e alquilar uma aviação de Guarulhos a São Luís.

Segure os involuntários, a autorização de ingresso nos países do Maranhão, e não em São Paulo, para evitar o retorno de quem retira o equipamento. O IRS declara que a Anvisa não está habituada a uma licença prévia.

A estratégia para a criação de despachos do governo do Maranhão, liderada por Flávio Dino (PC do B), reservou respiradores três vezes e cruzou pelo governo federal, Alemanha e Estados Unidos. Dino declarou que a estratégia solo se adota os depoimentos do governante de Jair Bolsonaro rechazando as solicitações da ayuda (sin un party).

fonte: https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/04/ceara-compra-90-toneladas-de-epi-e-testes-direto-da-china.shtml

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: