Einstein cria um teste genético para detectar coronavírus em larga escala
25 de maio de 2020
Goiás assina protocolo de intenções com 24 empresas
26 de maio de 2020

Vital Brazil e UFRJ testam soro para tratar covid-19

Vital Brazil e UFRJ testam soro para tratar covid-19

Pesquisadores do Instituto Vital Brazil e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estão estudando um soro hiperimune que pode tratar a covid-19. Este medicamento é do mesmo tipo daqueles usados ​​contra a raiva e a picada de animais peçonhentos.

O soro é produzido a partir do plasma sanguíneo de cavalos. No caso de soros antivenenos, o sangue equino produz agentes de defesa contra a toxina inoculada no organismo. A partir desse plasma com anticorpos, o soro é criado.

O mesmo processo é usado no soro da raiva, aplicado a pessoas que possivelmente tiveram contato com o vírus e que impede que o agente viral se manifeste no corpo da pessoa infectada.

No estudo contra o novo coronavírus, a UFRJ isolará e desativará o vírus, para que possa começar a ser inoculado em cavalos do Instituto Vital Brasil. O teste começa na próxima quarta-feira (27).

“Já vimos em muitas investigações em todo o mundo que o tratamento com plasma de pessoas curadas com covid-19 teve um efeito positivo no tratamento de pessoas gravemente infectadas. A idéia é fazer um experimento agora a partir do plasma dos cavalos, para que ele possa ser produzido em larga escala “, diz o presidente do instituto, Adilson Stolet.

Se os resultados forem promissores, em quatro meses o soro humano pode ser analisado. Em seis meses, seria possível produzir o solo em larga escala. A capacidade do instituto é produzir até 100.000 tratamentos por ano.

Outro estudo vital estuda anticorpos e DNA de lhamas. Nos dois estudos, é possível apostar no processo que dá resultados mais rápidos.

fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-05/vital-brazil-e-ufrj-testam-soro-para-tratar-covid-19

Os comentários estão encerrados.