O Secretário de Saúde do Rio renuncia e diz que tentou: “Peço desculpas à população”

O Secretário de Saúde do Rio renuncia e diz que tentou: "Peço desculpas à população"
O brasileiro confia em Bolsonaro mais do que Bonner, de acordo com uma investigação
23 de junho de 2020
O Secretário de Saúde do Rio renuncia e diz que tentou: "Peço desculpas à população"
Facebook compra uma empresa sueca de mapeamento
23 de junho de 2020

O Secretário de Saúde do Rio renuncia e diz que tentou: “Peço desculpas à população”

O Secretário de Saúde do Rio renuncia e diz que tentou: "Peço desculpas à população"

O Secretário de Saúde do Rio renuncia e diz que tentou: “Peço desculpas à população”

🔊 Clique para ouvir ou importar

“Peço desculpas à população. Mas tudo o que tenho a dizer: tentei.” Com essa frase, o secretário de Saúde de Wilson Witzel, Fernando Ferry, anunciou que renunciaria.

A equipe que trabalhou com ele também deve abandonar o portfólio. Uma das razões de sua demissão seria a pressão que ele teve para continuar pagando contratos problemáticos.

Vários contratos do governo do Rio de Janeiro foram investigados durante a pandemia do vírus chinês. As suspeitas de desvio de dinheiro público foram divulgadas na primeira quinzena de abril, com a prisão do ex-subsecretário de Saúde, Gabriell Neves.

A terça-feira livre acompanha o caso desde o início e foi no banco de uma das edições do Boletim da Noite que várias denúncias sobre Witzel foram reveladas. Lembrar.

Vários personagens no possível esquema de corrupção foram presos ou submetidos a buscas e apreensões, incluindo Wilson Witzel e Primeira Dama Helena Witzel. Até o momento, houve três operações: Chaos Merchants, Placebo e Favorite.

A Assembléia Legislativa do Rio (Alerj) também aprovou a abertura do processo de impeachment contra Witzel. Dos 70, 69 deputados eram a favor da demissão.

Na semana passada, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou 17 pessoas “por danos à saúde do Rio de Janeiro” na Operação Operação, o desenvolvimento de Lava Jato, lançado em 14 de maio, que visava contratos suspeitos. Entre os relatados estão o empresário Mário Peixoto e o ex-deputado estadual Paulo Melo.

Ferry foi anunciado no cargo em 17 de maio e passou pouco mais de um mês na secretaria. O encarregado agora é o coronel do Corpo de Bombeiros, Alex da Silva Bousquet, 43 anos. Ele é médico no Grupo de Ajuda de Emergência e trabalhou no Instituto de Assistência a Servidores do Estado do Rio de Janeiro (Iaserj).

“Hoje peço minha demissão do cargo de Secretária de Estado da Saúde no Rio de Janeiro. Isso significava que eu tentei. Agradeço ao governador por me dar a oportunidade de tentar resolver esses graves problemas de saúde. Eu só queria dizer mais uma coisa: peço desculpas à população. Mas tudo o que tenho a dizer: tentei. Obrigado e espero que você esteja arrependido “, disse Ferry em um vídeo gravado e o enviou ao Bom Dia Rio, um jornal local da Rede Globo.

Com informações, Poder360

fonte: https://www.tercalivre.com.br/secretario-de-saude-do-rio-pede-demissao-e-diz-que-tentou-peco-desculpas-a-populacao/

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: