Coronavírus: quanto tempo leva para uma pessoa se recuperar da covid-19
29 de abril de 2020
A decisão de Moraes também tem problemas
30 de abril de 2020

“Não vou admitir que sou um presidente coxo, refém de decisões monocráticas”, diz Bolsonaro

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro governa as eleições que não serão um “presidente de comarca, remanescente das decisões monocráticas”, em referência à decisão que impõe o tomador de posição de Alexandre Ramagem ao presidente da Polícia Federal (PF). Em uma entrevista com a rádio “Guaíba”, Bolsonaro definiu a “decisão” do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), de impedir a posição.

– Não é permitido admitir a presença de um presidente, renunciar às decisões monocráticas da nadie. Não há uma mensagem É um desejo para o Sr. Alexandre de Moraes – diário Bolsonaro na entrevista

Analítico: o ataque de Bolsonaro ao ministro do STF pode causar uma reação judicial

O presidente imediatamente que não “tragou” a decisão de Moraes, como habitar minutos antes no Palácio de Alvorada:

– Todo mundo tem um limite. Uma decisão do Sr. Alexandre de Moraes, não há nenhum traficante. É uma pessoa a cargo da Presidente da República.

Cambio na PF: Bolsonaro admite que pode eleger outro presidente e ministro do STF

Según Bolsonaro, o ministro necessário explicar se há danos na carga da Agência de Inteligência do Brasil (Abin):

– Exijo publicamente uma posição sobre o Sr. Ramage após continuar a excluir Abin o no. O deberías ir a la cuarentena, aislarte. ¿Não sirve para servir a la nación?

fonte: https://oglobo.globo.com/brasil/nao-vou-admitir-eu-ser-um-presidente-pato-manco-refem-de-decisoes-monocraticas-diz-bolsonaro-24402826

Os comentários estão encerrados.