Reação pós-operatória de Bolsonaro contra notícias falsas aumenta a tensão política
29 de maio de 2020
“Bombeiro”, Alcolumbre pede a Bolsonaro “que não estique a corda”
29 de maio de 2020

“Não haverá outro dia como ontem, acabou!” Bolsonaro diz que investigou notícias falsas

“Não haverá outro dia como ontem, acabou!” Bolsonaro diz que investigou notícias falsas

© Reuters Presidente Jair Bolsonaro em Brasília

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro disse na quinta-feira que “não haverá outro dia como ontem” e que “acabou”, referindo-se à operação da Polícia Federal que realizou ordens de busca e apreensão na quarta-feira contra pessoas aliadas a você. acusado de estar envolvido na produção, distribuição e notícias falsas.

Visivelmente irritado, Bolsonaro, ao deixar o Palácio da Alvorada, fez uma declaração aos jornalistas e afirmou que não é mais possível que as pessoas tomem decisões individuais em nome de todos e que outra crise está sendo preparada para “perturbar o Brasil”.

Segundo o presidente, “ordens absurdas” não devem ser executadas pela Polícia Federal. Ele disse que a operação de ontem visa atingir os únicos meios favoráveis ​​a ele e que alguns pretendem removê-lo da presidência para “roubar novamente”.

“Eles não vão me fazer transgredir, eles vão me fazer um pseudo-ditador de direita”, disse o presidente, que ainda afirma ser o chefe supremo das forças armadas e garante que ele tenha “as armas da democracia em mãos”.

Bolsonaro não aceitou as perguntas dos jornalistas e encerrou seu discurso quando um dos jornalistas tentou interrogá-lo.

(Relatório Lisandra Paraguassu)

_______________________________

fonte: https://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/n%C3%A3o-haver%C3%A1-outro-dia-como-ontem-acabou-diz-bolsonaro-sobre-inqu%C3%A9rito-das-fake-news/ar-BB14I7JE

Os comentários estão encerrados.