Maia: a câmera analisará e corrigirá os erros do MP 975

Maia: a câmera analisará e corrigirá os erros do MP 975
Em um editorial, o Financial Times diz que Bolsonaro levanta temores sobre a democracia.
9 de junho de 2020
Maia: a câmera analisará e corrigirá os erros do MP 975
TSE começa a julgar ações contra Bolsonaro e Mourão: entender cada caso
9 de junho de 2020

Maia: a câmera analisará e corrigirá os erros do MP 975

Maia: a câmera analisará e corrigirá os erros do MP 975

Maia: a câmera analisará e corrigirá os erros do MP 975

Rodrigo Maia (Foto: Najara Araujo / Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou neste domingo (7), no Twitter, que a Câmara “analisará e corrigirá os erros” da Medida Provisória 975/2020, enviada pelo governo para promover a concessão. crédito para empresas de médio porte.

Segundo Maia, o texto da medida apresenta “erros semelhantes” ao da MP 944, que estabeleceu um programa de financiamento da folha de pagamento com 85% dos recursos do Tesouro Nacional, mas com baixa concessão.

Infelizmente, como todos sabem, apenas uma pequena parte do dinheiro chegou ao fim. A grande maioria dos empresários ainda não tem acesso ao dinheiro “, disse Maia.” O Parlamento corrigirá urgentemente o texto para que os bancos liberem crédito para empresários imediatamente “.

PROPAGANDA

Na semana passada, o governo federal emitiu a Medida Provisória 975/2020, que institui o Programa de Emergência para Acesso ao Crédito, garantido pelo Fundo de Garantia de Investimentos (FGI). A linha criada pela MP atenderá empresas com faturamento anual entre R $ 360 mil e R $ 300 milhões.

O texto autoriza o Governo Federal a aumentar sua participação no fundo, administrado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em até R $ 20 bilhões, exclusivamente para cobrir as operações contratadas no âmbito do programa.

fonte: https://www.infomoney.com.br/politica/maia-camara-vai-analisar-e-corrigir-erros-da-mp-975/

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: