Falta de segurança leva jornalistas do Grupo Globo a deixar seu dever em Alvorada

Goiás assina protocolo de intenções com 24 empresas
Goiás assina protocolo de intenções com 24 empresas
25 de maio de 2020
Apoiantes de Bolsonaro assediam jornalistas em Brasília
Apoiantes de Bolsonaro assediam jornalistas em Brasília
25 de maio de 2020

Falta de segurança leva jornalistas do Grupo Globo a deixar seu dever em Alvorada

Falta de segurança leva jornalistas do Grupo Globo a deixar seu dever em Alvorada

Falta de segurança leva jornalistas do Grupo Globo a deixar seu dever em Alvorada

A falta de segurança de seus jornalistas ao deixar o Palácio da Alvorada fez o Grupo Globo decidir que seus profissionais não estarão mais em serviço no local. Os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, que são forçados a ficar lado a lado com jornalistas, com apenas uma grade entre os dois grupos, cada vez mais insultam profissionais da mídia, de todas as mídias, que trabalham lá.

Com o aumento da animosidade dos militantes e sem as autoridades tomarem medidas para proteger os jornalistas, o vice-presidente de relações institucionais do Grupo Globo comunicou a decisão, por carta, ao ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno.

Os jornalistas do Grupo Globo encontrarão maneiras seguras de investigar e denunciar o que está acontecendo lá, sem prejuízo do público.

A seguir, a carta completa enviada pelo Grupo Globo ao ministro Augusto Heleno:

Ao cumprimentá-lo, apontamos para este escritório um problema que envolve a segurança da cobertura noticiosa no Palácio da Alvorada. É público que o Presidente da República na partida, e muitas vezes ao retornar ao Palácio, sai do carro e dá entrevistas e cumprimenta os apoiadores. Esse fato fez com que vários meios de comunicação movessem as equipes de reportagem para o cobrir.

No entanto, existem muitos insultos e desculpas que nossos profissionais têm sofrido diariamente pelos militantes que estão lá, sem nenhuma segurança para o trabalho jornalístico.

Esses ataques estão crescendo.

Informamos que, a partir de hoje, nossos repórteres, encarregados de cobrir o Palácio da Alvorada, não aparecerão mais naquele local no exterior para a imprensa.

Com a responsabilidade que temos em relação aos nossos funcionários e sem segurança no emprego, tivemos que tomar essa decisão.

Respeitosamente,

Paulo Tonet Camargo

Vice-Presidente de Relações Institucionais

fonte: https://g1.globo.com/politica/noticia/2020/05/25/falta-de-seguranca-faz-jornalistas-do-grupo-globo-deixarem-plantao-no-alvorada.ghtml

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: