Empresas lançam Manifesto contra demissões

Empresas lançam Manifesto  contra demissões
Estados e municípios estimar perto o déficit no ano de R$ 44 bilhões
8 de abril de 2020
Empresas lançam Manifesto  contra demissões
Covid tem aumentado depositos em poupança
8 de abril de 2020

Empresas lançam Manifesto contra demissões

Empresas lançam Manifesto  contra demissões

Carteira de Trabalho, Carteira assinada, Emprego. Brasilia, 03-09-2018. Foto: Sérgio Lima/Poder 360

Empresas lançam Manifesto contra demissões

Um grupo de 41 empresas brasileiras emitiram um manifesto, intitulado “Não desista”, comprometendo-se a empregos não cortados ao menos nos próximos dois meses, e incitando outros empregadores a fazerem o mesmo, dado o impacto que a pandemia covid- 19 Você terá sobre a economia.


Manter nossas quadros helps evite ou minimizar potencial colapso económico e social. Se você tem plantas ou instalações, siga as orientações da OMS [Organização Mundial da Saúde] e do Ministério da Saúde. Criar um ambiente de trabalho onde as pessoas podem comer e trabalhar com a distância física, e, portanto, se sente tão seguro como se estivessem em casa, diz o texto, divulgado na semana passada.


Entre as empresas que assinaram o manifesto são grandes empresas de diversos setores, e directamente afectados pelas medidas de isolamento impostas pelos governos estaduais, como o Magazine Luiza, Lojas Renner, o Grupo Pão de Açúcar, Natura e Boticário, e representantes do sector financeiro, o BTG Pactual como rivais e Investimentos XP. Dezenas de outras empresas também aderiram à campanha.


Eles vão contra outras empresas como a Havan Stores, cujo proprietário, Luciano Hang, ameaçou demitir funcionários ou restaurantes rede Madero, que saquearam 600 trabalhadores no contexto da crise atual.
Além de chamar para a manutenção de postos de trabalho, os signatários de empresas apresentados sugerem que os empresários a doar, “Se você tem a força financeira, ajudar as pessoas que vivem em nossas comunidades para ter condições de vida”, disse.
Se você tem sido fortemente afetado pela crise ou estão passando por dificuldades financeiras em seus negócios e realmente tem dinheiro para demissões evitar, ainda, pare um minuto e pense. Off gera um custo imediato, muitas vezes o salário de mais de dois meses, e há linhas de crédito e outras soluções que estão sendo criados todos os dias para ajudar as empresas a enfrentar a tempestade, continua o manifesto. “Esta crise tem que acabar agora.”


De acordo com o relatório Focus do Banco Central na segunda-feira (06/04), o mercado é considerado uma queda de 1,18% do produto interno bruto (PIB) em 2020, antes da covid-19 pandemia. Uma semana atrás, a previsão foi de 0,48% declínio.


Estimar mostra o progresso da pandemia e a medida de medidas de isolamento são pesados ​​nas projecções. Há um mês, o crescimento de 1,99% do PIB mercado ainda é esperado.
O relatório Focus trata de expectativas do mercado reportados por instituições como bancos, corretores, consultores, associações, etc. O documento, publicado a cada segunda-feira, resume as expectativas do mercado.

Fonte, DW Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: