Bolsonaro pede a seus seguidores que evitem protestar no próximo domingo

Bolsonaro pede a seus seguidores que evitem protestar no próximo domingo
Protestos: “deixe-os em paz no próximo domingo”, diz Bolsonaro a seus seguidores
1 de junho de 2020
Bolsonaro pede a seus seguidores que evitem protestar no próximo domingo
Governo nomeia chefe de gabinete do senador Centrão para presidir o FNDE
1 de junho de 2020

Bolsonaro pede a seus seguidores que evitem protestar no próximo domingo

Bolsonaro pede a seus seguidores que evitem protestar no próximo domingo

Bolsonaro pede a seus seguidores que evitem protestar no próximo domingo

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro disse aos apoiadores na segunda-feira que eles devem evitar manifestações no próximo domingo para não entrar em conflito com grupos que já marcaram atos pró-democracia e antigoverno.

Ao deixar o Palácio da Alvorada, Bolsonaro parou para falar com o grupo, que foi levado para a pista dentro da residência oficial, a fim de evitar os jornalistas que sempre o esperam pela manhã.

“Eles vão morar no domingo, certo? Deixe isso em paz no domingo. Eu não coordeno nada, eu não possuo um grupo. Só vou homenageá-lo. Faça uma jogada limpa e decente pela democracia, lei e ordem. Acabei de participar “, disse o presidente, afirmando que não conhece as pessoas que organizaram as manifestações a seu favor.

“Acho que eles já agendaram para o domingo, deixe-os lá no domingo.”

O discurso de Bolsonaro veio depois que um dos apoiadores reclamou que era necessário “acabar com esses garotos negros batendo em nós”.

No domingo passado, houve confusão na Avenida Paulista entre manifestantes pró-democracia, compostos por apoiadores organizados de times de futebol e um grupo de apoiadores de Bolsonaro, que defenderam o governo e pediram intervenção militar no país. .

O Presidente incentivou manifestações a seu favor em Brasília, tendo participado em praticamente todas elas. No domingo passado, ele montou um cavalo entre os manifestantes.

PRESSIONE

Na segunda-feira, a segurança da Presidência levou os manifestantes ao jardim da Alvorada, para evitar parar com os jornalistas que esperam Bolsonaro todas as manhãs quando saem da residência oficial.

“A imprensa não poderá mais dizer que estou atacando. Falarei com as pessoas porque essas pessoas realmente … se elas transmitem a verdade … mas elas distorcem, inventam”, justificou o presidente a seu presidente. seguidores.

Até essa data, apoiadores estavam de um lado e jornalistas do outro, separados por uma grade. Recentemente, as principais mídias do país decidiram não enviar mais seus profissionais à entrada de Alvorada, devido aos riscos de aumentar os ataques verbais e as ameaças dos apoiadores do presidente aos jornalistas.

A alteração não altera o problema de segurança. Os apoiadores ainda chegam ao mesmo local que os jornalistas e esperam no mesmo local para serem levados ao ponto em que vão falar com Bolsonaro.

fonte: https://br.noticias.yahoo.com/bolsonaro-pede-apoiadores-que-evitem-131956123.html

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: