“As coisas não estão bem no Brasil”, diz o comerciante chinês

“As coisas não estão bem no Brasil”, diz o comerciante chinês

Crusoé e O Antagonista +: 3 meses por R $ 1,90 / mês

Assine o nosso canal Telegram, com conteúdo exclusivo

A China pediu que empresas comerciais e processadores de alimentos aumentassem os estoques de grãos e oleaginosas.

Um comerciante de um dos maiores processadores de alimentos do país, que conversou com autoridades na semana passada para discutir as compras, disse à Reuters:

“Eles nos aconselharam a aumentar os estoques, a manter os suprimentos mais altos do que normalmente temos. As coisas não estão bem no Brasil. ”

Leia também: Crusoé: jornalismo real não é para agradar os poderosos

O Brasil é o principal fornecedor de soja para a China.

fonte: https://www.oantagonista.com/brasil/as-coisas-nao-parecem-bem-no-brasil-diz-comerciante-chines/

Os comentários estão encerrados.