A OMS mostra onde as vacinas são produzidas e a fase de testes; China e EUA EUA Eles lideram projetos

A OMS mostra onde as vacinas são produzidas e a fase de testes; China e EUA EUA Eles lideram projetos
G20 direciona US $ 21 bilhões para combater novo coronavírus
8 de junho de 2020
A OMS mostra onde as vacinas são produzidas e a fase de testes; China e EUA EUA Eles lideram projetos
STF decide se os estados podem autorizar descontos nas mensalidades escolares
8 de junho de 2020

A OMS mostra onde as vacinas são produzidas e a fase de testes; China e EUA EUA Eles lideram projetos

A OMS mostra onde as vacinas são produzidas e a fase de testes; China e EUA EUA Eles lideram projetos

A OMS mostra onde as vacinas são produzidas e a fase de testes; China e EUA EUA Eles lideram projetos

SÃO PAULO – Atualmente, 133 vacinas contra o coronavírus estão sendo desenvolvidas em todo o mundo, de acordo com o relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicado na última terça-feira (2).

Os Estados Unidos são responsáveis ​​pelo maior número de vacinas, com 42 projetos, seguidos pela China, que está trabalhando em outras 19 tentativas de imunização.

Das 133 vacinas, dez estão na fase de testes clínicos, o que significa que estão sendo testadas em voluntários humanos, cinco dos quais são de projetos baseados na China.

PROPAGANDA

Outros 123 estão na fase de testes pré-clínicos, o estágio anterior em que os testes são realizados em laboratórios e animais para avaliar a eficácia da vacina e fazer quaisquer modificações.

O site da CNBC produziu uma tabela com dados da OMS, mostrando os locais em todo o mundo onde as vacinas estão sendo desenvolvidas:

O estágio do ensaio clínico possui três estágios que buscam demonstrar a eficácia da vacina em grupos de diferentes tamanhos e crescimento. Após a conclusão da fase três, ainda são necessários testes em larga escala e aprovação regulatória. Para entender melhor como cada etapa funciona, clique aqui.

Consulte os 10 desenvolvedores dos ensaios clínicos, de acordo com o documento da OMS e a fase em que a vacina está em cada caso:

País anfitrião do desenvolvedor Fase de teste hoje (1-3) Universidade de Oxford e empresa farmacêutica AstraZeneca Reino Unido fase 2b / 3 Empresa de desenvolvimento de vacinas CanSino Biological Inc. e Beijing China Biotechnology Institute fase 2 Empresa moderna de biotecnologia Estados Unidos fase 2 Wuhan Biological Products Institute e farmacêutica empresa Sinopharm China fase 2 Biofarmacêutica Sinovac China fase 2 Empresa de desenvolvimento de vacinas Novavax EUA fase 2 Farmácia: BioNTech, Fosun Pharma e Pfizer Alemanha, China e EUA. EUA Fase 2 Centro Acadêmico de Medicina e Ciência da China Fase 1 da China Pharmaceutical Inovio EUA Fase 1

Excepcional

Ainda existem vários desafios regulatórios e logísticos, e a vacina em larga escala pode estar longe de ser anunciada. Mas alguns projetos progridem mais rapidamente.

PROPAGANDA

Entre eles está o da empresa americana moderna de biotecnologia, que relatou que parte de seus testes foi bem-sucedida.

Mas, como mostra o relatório da OMS, os testes da vacina que estão sendo desenvolvidos pela Universidade de Oxford, na Inglaterra, juntamente com a empresa farmacêutica AstraZeneca, estão praticamente na fase três, na qual milhares de pessoas serão testadas.

E a assistência financeira que este projeto vem recebendo é sólida: nesta quinta-feira (4), a Fundação Bill e Melinda Gates anunciou um investimento de US $ 750 milhões, e agora o projeto tem um total de US $ 2 bilhões para avançar no pesquisas

A declaração foi emitida pela empresa farmacêutica e também inclui o apoio da Epidemic Preparedness Innovations Coalition (CEPI) e Gavi, Vaccine Alliance, ambas instituições criadas pela Fundação Bill e Melinda Gates. Os valores anunciados também ajudarão na produção e distribuição de 300 milhões das 2 bilhões de doses de vacinas planejadas pelo projeto.

O acordo também estabelece uma parceria entre a AztraZeneca e o Indian Serum Institute (IBS), maior fabricante mundial de vacinas em grande escala, com um bilhão de doses destinadas a países de baixa e média renda. O plano é fornecer 400 milhões de doses até o final de 2020, segundo o comunicado.

Segundo dados da BBC, do total de 2 bilhões de vacinas, 300 milhões delas já são dos Estados Unidos, enquanto 100 milhões pertencem ao Reino Unido.

Se os ensaios clínicos forem eficazes, as primeiras doses podem estar prontas até setembro, de acordo com as expectativas da AztraZeneca.

fonte: https://www.infomoney.com.br/economia/oms-mostra-onde-as-vacinas-estao-sendo-produzidas-e-estagio-dos-testes-china-e-eua-lideram-projetos/

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: