A Nova Zelândia alega ter erradicado o coronavírus e suspende todas as restrições internas

A Nova Zelândia alega ter erradicado o coronavírus e suspende todas as restrições internas
Os centros comerciais e registros de Fortaleza reabrirão nesta segunda-feira com restrições
8 de junho de 2020
A Nova Zelândia alega ter erradicado o coronavírus e suspende todas as restrições internas
A OMS esclarece que pessoas assintomáticas transmitem coronavírus: “a questão é quanto”
9 de junho de 2020

A Nova Zelândia alega ter erradicado o coronavírus e suspende todas as restrições internas

A Nova Zelândia alega ter erradicado o coronavírus e suspende todas as restrições internas

A Nova Zelândia alega ter erradicado o coronavírus e suspende todas as restrições internas

WELLINGTON – A Nova Zelândia suspendeu todas as restrições sociais e econômicas, exceto os controles de fronteira, depois de declarar segunda-feira que estava livre do coronavírus, um dos primeiros países do mundo a retornar à normalidade pré-pandêmica.

Eventos públicos e privados, indústrias de varejo e hospitalidade e todo o transporte público puderam retomar as operações sem as regras de distância que ainda existem em grande parte do mundo.

– Embora o trabalho não tenha sido concluído, não se pode negar que este é um marco. Obrigado, Nova Zelândia – disse a primeira-ministra do país, Jacinda Ardern, em entrevista coletiva. – Temos certeza de que eliminamos a transmissão do vírus na Nova Zelândia por enquanto, mas a eliminação não é acidental, é um esforço sustentado.

Celina: Com ação rápida e científica, os países liderados por mulheres se destacam na luta contra o Covid-19

A Nova Zelândia registrou 1.154 infecções e 22 mortes por Covid-19 desde que o vírus chegou no final de fevereiro. Ardern prometeu eliminar, e não apenas conter, o vírus, o que significou interromper a transmissão por duas semanas após a alta do último caso conhecido, o que aconteceu agora.

O país de cinco milhões de pessoas está emergindo da pandemia, enquanto grandes economias como Brasil, Reino Unido, Índia e Estados Unidos continuam a lidar com a propagação do vírus. Os 75 dias de restrições na Nova Zelândia incluíram aproximadamente sete semanas de quarentena rigorosa, nas quais a maioria das empresas fechou e todos, exceto os trabalhadores essenciais, tiveram que ficar em casa.

“Hoje, 75 dias depois, estamos prontos”, disse Ardern, anunciando que as restrições à distância social terminariam à meia-noite.

Ardern também disse que fez uma “pequena dança” ao saber que não havia mais casos ativos de Covid-19 na Nova Zelândia, o que surpreendeu sua filha de 2 anos, Neve.

“Ela ficou um pouco surpresa e se juntou a mim, não tendo absolutamente nenhuma idéia de por que ela estava dançando pela sala”, disse ela.

Por enquanto, todos que entrarem no país continuarão sendo testados e colocados em quarentena. Ainda assim, o governo deve mostrar que pode superaquecer a economia, que deverá afundar em recessão.

Os partidos de oposição criticaram a decisão de Ardern de manter as restrições por tanto tempo.

– Precisamos prosseguir com cautela aqui. Ninguém quer comprometer as conquistas da Nova Zelândia – disse o primeiro-ministro.

Embora as fronteiras do país permaneçam fechadas, o governo concedeu permissão especial a 55 pessoas da equipe do diretor James Cameron, que fará a sequência do filme “Avatar” no país.

fonte: https://oglobo.globo.com/mundo/nova-zelandia-afirma-ter-erradicado-coronavirus-suspende-todas-as-restricoes-internas-24468179

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: