Preço da cesta básica cai 0,09% Outubro 2019

“Game of Thrones” e “Fleabag” são mostrados no Emmys
24 de setembro de 2019
bradesco lidera ibovespa
Bradesco lidera o Ibovespa
7 de outubro de 2019
Show all

Preço da cesta básica cai 0,09% Outubro 2019

cesta básica cai 009%

cesta básica cai 009%

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que calcula a variação do preço da cesta dos domicílios com renda de até 2,5 salários mínimos, registrou deflação (queda de preço) de 0,09%. Em agosto, havia registrado uma inflação de 0,11%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O IPC-C1 acumula taxas de inflação de 3,19% no ano e 3,81% em 12 meses, acima dos 3,51% registrados pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR).

A queda na taxa do IPC-C1 de agosto a setembro foi motivada por grupos de gastos com moradia (cuja taxa caiu de 0,95% para 0,26%), alimentos (de -0,46% para -0,72%), transporte (de 0,05% para 0,03% ) e comunicação (de 0,68% a 0,54%).

Por outro lado, quatro grupos subiram na taxa: saúde e cuidados pessoais (de 0,01% para 0,22%), vestuário (de -0,44% para 0,03%), educação, leitura e recreação (de 0,04% para 0,37%) e despesas diversas (de -0,07% a 0,13%).

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) recuou 0,09% em setembro, após alta de 0,11% em agosto, informou nesta segunda-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV) 7.

O indicador é usado para medir o impacto dos movimentos de preços nas famílias com renda mensal entre um e 2,5 salários mínimos. Com o resultado, o índice acumulou alta de 3,19% no ano. A taxa acumulada em 12 meses foi de 3,81%.

Em setembro, o IPC-C1 ficou abaixo da variação da inflação média entre os domicílios com renda mensal entre um e 33 salários mínimos, obtida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que apresentou estabilidade (0,00%) no mês . Acumulado em 12 meses, a taxa do IPC-BR foi menor, em 3,51%.

fonte: Agenciabrasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *